css3 menu generator by Css3Menu.com

 
 
Viagens no tempo com tapetes marcam noite de lançamentos de obras literárias na Academia Calçadense de Letras
 
Publicado em 15/06/2017 15h40min
 
 

No sábado de 03 de junho do ano em curso, às 20 horas, a Academia Calçadense de Letras lançou, na sede da Arcádia, localizada na Alameda Poeta José Carlos da Fonseca, 103, em São José do Calçado, no Sul do Estado, as obras literárias “Uma Viagem no Tempo” de autoria da escritora Joanna D’Agustini e “A Última Noite” e “O tapete da Zezé” de autoria do escritor Pedro J. Nunes, respectivamente poetas calçadenses natos.

Lançamento de Obras Literárias na ACL

Lançamento de Obras Literárias na ACL 2

O evento memorativo dos 26 anos da Academia Calçadense de Letras contou com a presença do Presidente da Academia anfitriã, professor Edson Lobo Teixeira, membros efetivos e correspondentes, escritores, poetas; corpo docente e discente da rede municipal e estadual, a Senadora Cultural do Estado do Espírito Santo da Federação Brasileira de Ciências, Letras e Artes, Profª Maria Dolores Pimentel Rezende, Sra. Regina Maria da Costa Fonseca – e seu filho Dr. Rodrigo Fonseca, prefeito municipal José Carlos de Almeida (PMDB), a primeira-dama Maria Aparecida Bernardes de Almeida, as legisladoras Adalgisa Ferreira Alves (PEN), Janaina Luzia Oliveira Pimentel (PSB), Maria de Fátima Simões Barbosa (PMDB), o Secretário Municipal de Educação, Anito Gomes Teixeira, entre outros.

Lançamento de Obras Literárias na ACL 3

Lançamento de Obras Literárias na ACL 4

Lançamento de Obras Literárias na ACL 5

O docente/presidente da ACL Edson Lobo Teixeira proferiu estar jubiloso pela realização do lançamento de mais três obras, de duas gerações de poetas calçadenses: Joanna D’Agustini – Confreira, autora de várias obras poéticas e o Confrade Pedro J. Nunes, conhecido por suas obras em prosa. Ao cumprimentar os confrades da gloriosa Arcádia , convidou para a mesa central Sra. Regina Maria da Costa Fonseca, viúva do dileto Confrade Dr. José Carlos da Fonseca – Causídico Sempiterno.

Lançamento de Obras Literárias na ACL 6

E foi respeitosamente entoado o Hino Nacional Brasileiro, o Hino da ACL, composto para coroar os 20 anos da Arcádia, letra do Hino composta pelo Confrade Dr. Sérgio Dário Machado e a música de autoria do também dileto Confrade Dr. Geraldo de Almeida Vianna e o Hino de São José do Calçado, acompanhado pelos alunos da Escola de Música JEMAJ, que fica situada na Rua Vinte e Um de Abril, 115 - Bom Jesus do Itabapoana – RJ, coordenada pela diretora Anízia Pimentel.

Lançamento de Obras Literárias na ACL 7

Lançamento de Obras Literárias na ACL 8

Lançamento de Obras Literárias na ACL 9

Lançamento de Obras Literárias na ACL 10

Edson Lobo recitou um trecho da obra de Voltaire que afirmara com sabedoria que a leitura engrandece a alma. Proferiu que, naquela noite festiva, dois diletos Confrades de gerações distintas brindavam a todos com as suas obras, cuja leitura, pelo elevado valor literário, certamente engrandecerá a alma dos presentes.

- Nas mágicas e abundantes metáforas da lavra poética de Joanna D’Agustini, faremos “Uma Viagem no Tempo”! As intrincadas histórias de amor encontraremos nos bem tecidos contos de “A Última Noite” e flanaremos pelos contos infantojuvenis de “O tapete de Zezé”, ambos de autoria do Pedro J. Nunes. Mas, deixo aqui a justificativa que a Confreira Joana D’Agustini por motivo de força maior, não estará presente, devido ao falecimento de um de seus irmãos -, disse o Presidente da Arcádia Calçadense.

A Profª Maria Dolores Pimentel Rezende recitou um trecho da obra de Manoel de Barros que diz que “Quando as aves falam com as pedras e as rãs com as águas - é de poesia que estão falando”. Explicou que a poesia da dileta Confreira Joanna D’Agustini é toda recheada de metáforas inspiradas na natureza. Que para o deleite de todos a aluna Lorrany Silva Abreu do 9º ano da Escola Municipal “Ercílio Cordeiro” do distrito de Alto Calçado (São Benedito) iria declamar o poema “Casa amarelinha”.

Lançamento de Obras Literárias na ACL 11

Lançamento de Obras Literárias na ACL 12

Lançamento de Obras Literárias na ACL 12a

Lançamento de Obras Literárias na ACL 13

O Professor Edson Lobo enfatizou que o Professor José Carlos dos Santos Silva asseverou que “A literatura infantil nos leva a viajar com as crianças no universo das histórias contadas e recontadas”. Que a obra infantojuvenil “O tapete de Zezé” do dileto Confrade Pedro J. Nunes é um incentivo ao gosto pela leitura. Logo após as palavras do docente, o Coral JemaJ cantou Aquarela, cuja criatividade é uma analogia ao encanto do referido tapete-leitura.

A Senadora Cultural do Estado do Espírito Santo da Federação Brasileira de Ciências, Letras e Artes, Maria Dolores Pimentel Rezende, recordou que para a poetisa Cora Coralina, “poeta não é somente o que escreve. É aquele que sente a poesia, se extasia sensível ao achado de uma rima à autenticidade de um verso”. E ainda perguntou: Quem é Joanna d’Agustini? Após o quebrar da pergunta, a declamadora da Academia Calçadense de Letras, a dileta Confreira Maria Lúcia Fegali, fez uma homenagem à escritora Joana d’Agustin.

Lançamento de Obras Literárias na ACL 14 gallery a lightboxby VisualLightBox.com v6.1

Edson Lobo, professor aposentado, disse que o pedagogo e filósofo Paulo Freire afirmou que “É preciso que a leitura seja um ato de amor”. Na ocasião, os alunos e professor da Escola de Música JemaJ brindaram aos amantes da cultura com apresentações musicais em homenagem ao escritor Pedro J. Nunes, que produziu uma obra literária que nos permite fazer de sua leitura um ato de amor. Cantaram e tocaram “Teu Nome” – música do professor e compositor Cris César. (Voz - Yanna Bartholazi), “É preciso renascer” – (Voz – Bruna e Beatriz), Cris (flauta), Wellington (violão) e Cristóvão (cello) e no teclado, Rafael Bazzarella – “A parada dos escoteirinhos”. Na sequência, a Academia Calçadense de Letras prestou justa e sincera homenagem à Escola de Música JEMAJ, entregando à Professora Anízia Pimentel a placa comemorativa dos 20 anos da referida Instituição Musical.

Profª Maria Dolores lembrou que Pitágoras já nos advertira: “Eduquem as crianças, para que não seja necessário punir os adultos.” O jovem Lúcio Xavier, atuante nos eventos da Arcádia, desde a tenra idade, teceu um texto congratulando a todos pelo Jubileu de Prata, comemorado no ano de 2016.

Edson Lobo Teixeira encerrou a agradável solenidade, agradecendo a presença dos ilustres Confrades, Confreiras, Amigos e Irmãos, solicitando que todos se dirigissem ao Salão Geir Campos, onde o dileto Confrade Pedro J. Nunes iria autografar suas obras .

Blog Last Minute New

# Comente
 
# Leia também
 
Rock in Roll Baby
 
Rock in Roll Baby
 
TV ABCapixaba